Edição do Mes Pecuária

Entramos na era da “Avicultura de Precisão”

A atividade, em escala industrial, tem nova perspectiva através do gerenciamento de dados.

Nas últimas quatro décadas, o desempenho produtivo e o rendimento de carcaça de frangos de corte têm crescido linearmente. Tudo indica que este crescimento continua-rá, devido às novas tecnologias em genética, em biotecnologia e em biologia molecular, adotadas pela indústria avícola.

O potencial genético dos frangos de corte permite a multiplicação de cerca de 75 vezes de seu peso inicial, em um período de aproximadamente 40 dias. Desta forma, cada dia torna-se importante para o monitoramento dos animais. Qualquer ferramenta que consiga antecipar algum fato relevante, que possa influenciar o potencial de produção dos frangos, minimizará a probabilidade de que uma decisão estratégica equivocada seja empregada.

Na avicultura, os sistemas de gerenciamento estão presentes em todos os processos, desde o planejamento da produção até a entrega do produto final. A todo instante estes sistemas geram milhares de dados agrupados em diferentes setores, conectados entre si ou não, que permitem uma visão numérica de um determinado período. Entretanto, normalmente, a capacidade de coleta de dados é muito maior do que a velocidade de seu processamento e análise. Isto gera a sensação de que o setor está bem orientado, por possuir uma grande quantidade de dados. Porém, esta premissa só é verdadeira se os dados são transformados em informação, interpretados, de forma devida e em tempo hábil, para que decisões sejam tomadas, de forma adequada.

Para obter sucesso em um mercado tão competitivo e complexo, é necessário que as agroindústrias absorvam, de forma inteligente, esta enorme quantidade de dados gerados a todo instante e os gerenciem, traduzindo-os em informações e conhecimentos para tomadas consistentes de decisão.

O gerenciamento de dados ou data management é uma técnica que faz parte de uma das etapas da descoberta de conhecimento em banco de dados. Ela é capaz de revelar o conhecimento contido em grandes quantidades de dados armazenados nos bancos de uma organização, possibilitando a previsão de tendências e recorrências, a antecipação de eventos e permitindo a tomada de decisões, baseadas em nú-meros e não na intuição.

A Cargill conta com um departamento de data management, composto por uma equipe de especialistas que combina conhecimentos em produção animal, modelagem matemática e estatística, para a estruturação, a análise e o acompanhamento de dados. Estes especialistas, usando modelos matemáticos específicos, atuam com o objetivo de orientar cada cliente, de forma customizada, na tomada de decisões estratégicas, que levam em consideração todos os elos da cadeia de produção.

Importância da análise de dados nos sistemas produtivos

A importância da análise de dados está relacionada a capacidade de extrair informações relevantes, de um conjunto de dados, para reduzir custos, otimizar tempo, identificar e predizer fatores internos e ex-ternos que podem impactar nos resultados produtivos e econômicos, criar rankings por eficiência, determinar a causa raiz dos problemas, acompanhar os resultados médios e suas variabilidades, criando estratégias de melhoria do desempenho zootécnico. Tudo isto resulta em ganhos econômicos, em um determinado período de tempo.

Bases para a análise e interpretação dos dados na avicultura

O primeiro ponto de atenção, antes de qualquer análise de dados, é certificar-se de que as informações são consistentes, com volume relevante para chegar às recomendações corretas. Em seguida, é necessário executar uma rotina de limpeza e transformação destes dados, diagnosticando os pontos influentes e seus outliers, com foco na redução da variabilidade.

Com os dados organizados, inicia-se o estabelecimento de relações entre as variáveis, como elas se correlacionam e como uma interfere sobre as outras, assim como identificam qual a variável mais importante no sistema produtivo, em consideração. Na sequência, são desdobradas estratégias, de acordo com os objetivos da empresa, envolvendo planejamento, priorização e coordenação de ações sobre os fatores que tornam o sistema produtivo mais eficiente. O principal impacto da análise de dados na avicultura é o de maximizar a produtividade do sistema e otimizar o tempo e os recursos da empresa.

Como exemplo, no segmento de produção de frangos de corte, de acordo com a análise de dados e com as diferentes aplicações de modelos estatísticos, os potenciais de melhoria das granjas são determinados, como melhores, médias e piores. Para isto, são levados em consideração os fato-res que podem influenciar o desempenho da unidade produtiva (instalação, região, técnico, ventilação, linhagem, sexo, nutrição e outros), seu histórico e seu volume de produção. Com estas informações, são criados planos de ação para análises e diagnósticos customizados.

Controle e monitoramento dos KPIs (Key Performance Index)

Os principais indicadores de desempenho (KPIs) são criados a partir das priorizações definidas através de um diagnóstico de oportunidades da empresa. Indicadores de desempenho (CA, GPD, PM, mortalidade e IEP) e indicadores gerenciais (cus-to de alimento, custo/kg etc.) fazem parte da estratégia determinada junto ao cliente. Por meio disto, é possível comparar os períodos de produção e verificar se as metas estão sendo atingidas.

É muito importante a definição das metas que serão implementadas no ano. Elas devem estar vinculadas aos planos de ação de curto e médio prazos, sendo periodicamente revisadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *